CCO do Plebiscito 2016 acata sugestões do TRE-SC e promove mudanças

Outdoor plebiscito 2016
Exemplo de Outdoor que serão colocados nas cidades do Sul, porém, nas artes finais, a logotipia e a data da realização do evento deverão ser obrigatoriamente mudadas a partir de agora.

Na noite de ontem, quinta-feira, dia 28 de julho, uma reunião histórica da Comissão Central Organizadora (CCO) do Plebiscito 2016, apreciou a fundo as sugestões enviadas pelo TRE-SC ao Movimento O Sul é o Meu País e decidiu, por unanimidade, fazer mudanças no evento que aconteceria dia 2 de outubro próximo, junto com as eleições municipais. Entre as principais mudanças estão o nome, a data, o horário, a logotipia e a nova disposição das urnas coletoras de votos. Em síntese a CCO decidiu desvincular 100% o evento das eleições municipais e acatar praticamente todas as sugestões do TRE-SC, menos a realização da pesquisa, que foi mantido, por se tratar de uma coleta de opinião e que se trata de um direito constitucional garantido na lei maior do país e em todos os tratados internacionais de direitos humanos dos quais o Brasil é signatário.

Mudança no nome

A primeira mudança empreendida pela CCO foi no nome que até então vinha sendo chamado de Plebiscito. A palavra “Plebiscito” será suprimida em todo material da Consulta Popular e substituída por “PLEBISUL”, palavra criada na primeira reunião da CCO em 2015 e que dá nome ao site oficial do evento (www.plebisul.org). A mudança atende aos reclamos do TRE-SC ao mesmo tempo que não descaracteriza o domínio do site oficial.

Mudança na data da Consulta

Já a segunda grande mudança empreendida na noite de ontem foi na data de realização do PLEBISUL. Também prestigiando o pedido do TRE, os membros da CCO decidiram desligar 100% a Consulta, das eleições municipais, e transferiram a data para um dia antes, ou seja, dia 1º de outubro de 2016. Desta forma, o evento não atrapalharia ou causaria algum tumulto no evento do Tribunal, bem como, cessam as críticas de que as pessoas poderiam confundir o evento do Movimento O Sul é o Meu País com as eleições municipais.

Mudança no horário de funcionamento

A desvinculação total com as eleições de outubro permitiu que a CCO pudesse ir mais longe nas suas decisões, mudando principalmente o horário em que as urnas vão estar a disposição dos cidadãos. O novo horário será das 8 da manhã às 20 horas e visa atender a demanda das cidades com mais de 50 mil habitantes, onde em sua maioria, a população sai as ruas também no período pós 17 horas. A expectativa é colher, inclusive, votos próximo as redes de supermercados e shoppings.

Urnas serão realocadas

Com esta decisão, as urnas serão realocadas e podem estar a disposição nos centros das cidades e nos bairros. O número de mesários diminui e consequentemente, a CCO espera aumentar o número de urnas coletoras nas cidades. Há possibilidade inclusive de uma urna funcionar com apenas um mesário, se bem que o ideal será ter também um auxiliar.  A urna não poderá ser volante e deverá ser aberta e fechada, na presença de pelo menos duas testemunhas. As realocações nos novos locais nas cidades ficam sob a responsabilidade das Comissões Municipais e dos Comitês locais, conhecedores da realidade em cada cidade.

Expectativa de colher 2 milhões de votos

As possibilidades de colher um número ainda maior de votos aumentou significativamente, com as decisões da CCO e as sugestões do TRE-SC, chegando ao ponto de muitos acreditarem que se pode bater a inédita soma de 2 milhões de cidadãos votando neste dia, ou seja, 10% da população eleitora do Sul do Brasil. Se colher apenas 1 milhão de votos, tal pesquisa não tem precedentes na América Portuguesa e será a maior já realizada. Jamais aconteceu de uma coletividade expressar sua vontade sobre este tema no país. A maior pesquisa já realizada consultou cerca de 34 mil pessoas e foi feita pelo Gesul em 2013.

Cartilha Explicativa e logotipia

Uma série de mudanças devem ocorrer, a partir de agora, na Cartilha Explicativa já publicada no site oficial do PLEBISUL. Elas vão ser feitas ainda durante esta semana, junto com as mudanças que serão realizadas na logotipia do evento. Diversas outras resoluções ainda serão tomadas pela CCO em relação ao funcionamento das urnas no dia da Consulta, principalmente no número de pessoas necessárias para seu funcionamento e locais onde poderão ser instaladas. Até que novas avaliações e decisões sejam tomadas, continua valendo todas as regras já aprovadas pela CCO.

Espírito de União

A reunião da CCO iniciou na noite de ontem com os pronunciamentos dos membros coordenadores no Rio Grande do Sul e Paraná, deixando claro de que estavam solidários com Santa Catarina e que, acatariam as mudanças necessárias por amor a causa Sulista e pela Unidade dos três Estados. A decisão dos dois estados sensibilizou os membros catarinenses que agradeceram as manifestações e com isso, pode-se chegar as decisões através do sufrágio universal, todos por unanimidade.

Outro registro se fez durante os debates de ontem da CCO, em relação à ampla consulta realizada aos líderes do Movimento O Sul é o Meu País. Apesar do pouco tempo, os membros da CCO conseguiram captar as opiniões da maioria e as decisões tomadas pela organização levaram em consideração as sugestões recebidas.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Comentários

14 Comments

Comments are closed.

Notícias

COMPARTILHAR

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

pagar anuidade

PIX
Banco 085 / Agência 0101-5 / Conta 8537348
R$ 70,00 anual
Envie comprovante com nome do membro para
contato@osuleomeupais.org

doação

Somos um movimento sem fins lucrativos. Ajude-nos a divulgar cada vez mais nossos ideais. Você pode doar qualquer valor.