Paraná tem cinco candidatos que defendem propostas do Movimento O Sul é o Meu País

Por Celso Deucher

Nesta reta final da campanha, ao menos cinco candidatos estão defendendo diretamente as teses do Movimento O Sul é o Meu País no Paraná. São três candidatos a deputado estadual (Andrezza Cordeiro, Cezar Rozek e Mestre Sidney), uma a federal (Silvana Gabardo) e um a senador (Rodrigo Reis).

Entre as propostas que são ponto pacífico para os candidatos esta a apresentação de Projetos de Leis que fundamentem a  autonomia financeira e administrativa do Paraná  em relação a Brasília, em um novo pacto federativo. Tudo deve respeitar a regra do 80 X 20, ou seja, 80% para os municípios/estados e 20% para a união. O exemplo mais direto é a defesa de que na arrecadação de impostos,  80% do arrecadado tem que ficar onde ele é gerado (município/estado) e apenas 20% deve ser enviado para Brasília. Neste sentido, para que o país funcione, a arrecadação tem que ser de baixo para cima, ou seja, o Município é quem arrecada e automaticamente envia para Brasília apenas o que lhe é devido.

Caso algum seja eleito, uma das primeiras ações será a formação de uma frente parlamentar para fomentar o verdadeiro federalismo liberal, reduzindo os gastos públicos como forma de diminuir o tamanho de Estado. Entre as propostas que esta frente defenderia está a apresentação na Assembleia Legislativa do Paraná do projeto de lei do Plebiscito Consultivo que vai perguntar ao povo deste estado (assim também será apresentado o mesmo projeto em Santa Catarina e Rio Grande do Sul), se os paranaenses querem, ou não a independência do Sul. Não se trata de um Plebiscito vinculativo e sim Consultivo, para demonstrar que os Sulistas estão descontes com a administração de Brasília.

Outra pauta defendida pelo Movimento e que os candidatos abraçaram no Paraná é a diminuição dos custos com deputados  e o fim dos privilégios políticos dos  servidores públicos de todos os poderes e níveis. Só desta maneira pode-se começar a pagar e capacitar  melhor os profissionais da educação, saúde  e  segurança. É neste tripé que os candidatos focam as suas principais ações: priorizar investimentos financeiros e humanos nas áreas essenciais do estado, ou seja, educação, saúde e segurança.

Veja no quadro abaixo os candidatos, cargos que pretendem e seus números.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Comentários

Notícias

COMPARTILHAR

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

pagar anuidade

PIX
Banco 085 / Agência 0101-5 / Conta 8537348
R$ 70,00 anual
Envie comprovante com nome do membro para
contato@osuleomeupais.org

doação

Somos um movimento sem fins lucrativos. Ajude-nos a divulgar cada vez mais nossos ideais. Você pode doar qualquer valor.